Inseguras Anónimas

Um grupo de amigas inseguras... mais uma segunda-feira, mais uma semana, mais um mail a desejar bom dia e começam os desabafos, os medos e as inseguranças... criamos o blog... uma maneira de expressarmos as nossas angústias e inseguranças, os nossos medos.... e esperemos que também algumas soluções

Nome:

QUANTO MAIS MEXES, COM MAIS DÚVIDAS FICAS!

domingo, setembro 03, 2006

Modernices

Depois de algum tempo em recatez dou por mim nas lides da noite e apercebo-me das novas modas nas relações entre as pessoas. Agora basta um simples: "Encontramo-nos mais logo?" ou "Gostava de te conhecer melhor" que significam na realidade um "Vamos passar hoje a noite juntos" e "Quero ir pra cama contigo", para que se passe a ter uma relação baseada meramente na aparência fisica que cada uma das pessoas deve ter: Ser Magro(a), ter alguma beleza, parecer saudável, vestir à moda. Tudo isto basta... e desenganem-se porque quem não cumpre os requisitos fica automaticamente de fora!
Depois de uma noite bem passada, ou não, o fugaz casal separa-se para no dia seguinte darem lugar a mais novos casais. E não há amarras, não há qualquer tipo de sentimentos envolvidos, não existem afectos e muito menos fica uma amizade para vida!
Chamam-me antiquada, mas onde estão os olhares sedutores, os sorrisos timidos, o frio na barriga,a atracção, o coração aos saltos, os pequenos carinhos, o toque que nos arrepia a espinha?!?
Ja não falo das ilusões do agora vai ser para sempre e do "podemos ficar juntos pelo menos uma semana"... O que me impressiona é a facilidade e a normalidade com que as coisas são ditas e combinadas e como a escolha do parceiro parece não ter importância absolutamente nenhuma. Desde que tenha um palminho de cara ou de corpo, já serve!
E mais importante! Se se diz que não, ficamos postos de lado para sempre, até que venha novo espécime tentar a sua sorte, com o primeiro é que nunca mais. E se perguntamos, então mas não achas que é preciso existir pelo menos uma atracção? A resposta é imediata: "Para quê?" e é óbvio que ficamos rotulados como caretas e antiquados.
A mim espanta-me a quantidade de pessoas que adere a esta moda e que segue a sua vida feliz. E espanta-me mais ainda que ninguém se preocupe com a falta de atracção, de carinho, de "sentimento", do desejo, dos olhares, etc... E já nem sequer me atrevo a falar do Amor Verdadeiro. Não há ciúmes, não há sequer desejado, nem o estar bem, não há nada.
Então e as relações mais duradoiras como nascem hoje em dia?? Onde se arranjam?? Como se desenrolam? Ainda existem relações mais longas? E estáveis?!?

segunda-feira, junho 26, 2006

Será uma fase?!?

O problema sou eu!
Sou sempre eu... e o pior é que nem sei como o resolver. Não dou valor ao que tenho, quero o que não tenho, ou melhor será que quero mesmo???
Fico assim... confusa... sem saber nada.
Luto pelo que quero, ou por aquilo que acho que quero. Sem ver nada, fico segura e vou em frente com todas as certezas do mundo.
E continuo a querer o mesmo, só que quando aparece o mal, o grande mal que estúpidamente deixei entrar na minha vida e que não consigo fazer sair...
Perco o controle e deixo as nuvens à deriva.... já pairam à demasiado tempo! Eu sei que dessas nuvens não vai cair chuva, tal como sei que as nuvens nem sequer se importam comigo e já me esqueceram. E eu?? BURRA! Só faço m***! Só dou ainda mais razões às nuvens para me ignorarem.
Devia controlar, passar à indiferença e continuar o caminho que me custou tanto a trilhar e atingir o objectivo... mas não! Fico assim, inquieta, insegura, confusa, contra mim própria...
E o que faço eu agora??? Será que vai passar? TEM DE PASSAR!!
Mas porquê que me sinto assim? Porquê que deixo a raiva tomar conta de mim e fazer asneiras?
Porquê que não consigo ser racional e passar à indiferença? Porquê que mexe tanto comigo e me faz saltar a tampa? Porquê que me faz perder o controle?
E o outro lado? Porquê que não é já suficientemente forte para me prender outra vez?

segunda-feira, janeiro 02, 2006

BOM ANO!!!

Que este novo ano de 2006 seja um ano em grande! com a realização de muitos desejos....
:)

quinta-feira, outubro 27, 2005

tenho saudades vossas...

segunda-feira, outubro 10, 2005

não sei que se passa...

acho que escolhi má altura para me ausentar... mas também estas coisas não se escolhem... são fases... só sei que para mim, em relação à amizade que temos, nada mudou... continuo a sentir o mesmo. fazem parte da minha vida, ontem, hoje e para todo o sempre. nunca pus em causa a vossa amizade. não sei o que se passa... estou a leste de tudo... e não percebi nada...

sexta-feira, outubro 07, 2005

Não sei se estão magoados

Ou sequer se se importaram com a posição que tomei. Só sei que me magoaram muito e me surpreenderam ainda mais pela negativa! Foi um choque! Foi como se não os conhecesse...
No momento em que vos consegui o beneficio da dúvida e que mais precisava que mostrassem aos que me rodeiam que eu estava certa e eles errados, provaram exactamente o contrário... depois da vossa atitude fiquei sem argumentos e perdi a batalha.
Não sei se chegaram a perceber o mal da "coisa", mas espero sinceramente que sim, pois só assim a "nossa amizade" poderá continuar... E só assim podemos aprender todos alguma coisa.
Espero sinceramente que não continuem a julgar que procederam bem e que a errada aqui sou eu! É uma postura que só pode ter na vida e que a mim só resta aceitar.
Mas para mim existem condições fundamentais na convivência com os outros, que passam pelas regras da boa educação, respeito e consideração pelo próximo, principalmente por aqueles a quem tenho o cuidado de chamar "amigos".
Sinceramente não sei se estão magoados ou não, se querem ou não ultrapassar este incidente!
Sinceramente eu própria também ainda não encontrei forma de o fazer... talvez com o tempo!
Mas parece-me que só o facto de escrever estas palavras já é um passo... o seguinte seria talvez um pedido sincero de desculpas...

domingo, setembro 18, 2005

...

não sei porquê... mas sinto-me ausente, ou apetece-me estar ausente, não sei bem... sei que nada aconteceu para me sentir assim. mas estou assim. porquê? não sei... será que sou a única que às vezes me sinto assim... será que os meus amigos vão perceber, compreender, aceitar? será que eu o faria? muito provavelmente não...
apetece-me falar... mas ao mesmo tempo apetece-me estar no meu canto... sem chatear ninguém.. simplesmente estar comigo... só comigo... o que é isto? egoísmo? isolamento? muros? defesas? barreiras? sei lá! está tudo confuso... só sei que continuo eu... mas eu não estou aqui...

sábado, agosto 20, 2005

Era uma vez...

Uma princesa que vivia numa masmorra de um castelo, guardada por um enorme e assustador dragão. O seu maior sonho era ser salva daquele castelo medonho e do dragão, por um principe lindo, capaz de a fazer feliz todos os dias, até ao fim da sua vida.
A princesa passava os dias à janela da masmorra, sempre na esperança de ver aparecer "o" principe ao longe. E, de vez em quando, apareciam alguns principes, que lhe sorriam de longe, mas que mal viam o dragão fugiam a mil pés. Os que tentavam superar o medo do dragão, acabavam por desiludir a princesa, e ela pedia baixinho ao dragão que os comesse.
Da última vez, enquanto espreitava pela janela, a princesa viu um belo principe a rondar o castelo, e o seu coração saltou! Levando-a a acreditar que aquele seria o seu salvador, pela forma como estudava os acessos do castelo, os hábitos do dragão, e pela maneira carinhosa e bonita como olhava para a sua janela.
A princesa apaixonou-se e, da sua janela, durante longos dias conversava calma e lindamente com o principe, sempre à espera do dia, em que ele enfrentasse o dragão, e numa luta feroz o vencesse e a libertasse daquela masmorra.
O seu desejo era tão grande, que a princesa começou a pedir baixinho ao dragão, para se deixar vencer pelo principe. Mas nesse momento, o telemóvel do principe tocou. Num gesto repentino e inesperado, o principe olhou uma última vez para a janela, disse adeus, e partiu veloz para ir ter com outra princesa sem dragão e sem castelo.
A princesa chorou durante muitos dias e muitas noites. Decidiu que nunca mais iria espreitar pela janela à procura de um principe.
Vai ficar sentada num canto da masmorra a bordar, a ler, a ouvir música, a conversar com o dragão, ou a escrever neste blog...

Desculpa?!?!

Como foste capaz de o voltar a fazer????
Mas o pior, ou melhor, é que nem sequer estou muito importada com o que se vai passar a seguir! Se ficamos ou não juntos!
Neste momento, o que menos quero é ficar ou ter alguma coisa a ver contigo!
Durante este tempo todo, dei-te todo o meu amor, o melhor de mim, sempre à espera da devida recompensa...
E, sem dúvida, que compensaste!! Voltaste a magoar-me como nunca o permiti a ninguém... e não te vou permitir mais!!! Garanto-te.
Fica, fica aí no teu canto, e deixa-me, por agora, gostar de mim e ficar só comigo!

terça-feira, agosto 09, 2005

?!?!

Se a culpa não é minha.... porque é que me fazes sentir asim?! :(

terça-feira, julho 19, 2005

I miss u so much!!!

Sinto tanto a tua falta!
Pela primeira vez em meses, estivemos um dia inteirinho sem comunicação. Nem sms, nem telefonemas, nem msn, nem emails, nem toques... nada! Não houve comunicação!
Eu percebo e entendo porquê! As razões são mais que muitas e justificadas!
Eu tbm faria o mesmo!
Não tou zangada!
Apenas com saudades, tantas como nunca esperei sentir!
Sinto a tua falta! TANTO!!
Sinto a falta do teu sorriso, das tuas palavras, dos teus beijos, dos teus abraços que me fazem esquecer que existe um mundo cruel lá fora!
Sinto falta das nossas gargalhadas e de descobrir os nossos cada vez mais pontos em comum! Tantos que até me assusto!
Às vezes, vêem-me à cabeça flashes com vontade de largar tudo e fugir para dentro de ti! Mas depois vem a razão e as consequências começam a fazer mais sentido!
Mas tenho pena!
Pena de que estejas a passar este tempo longe de mim e sem podermos falar!
Pena de que não possa mesmo largar tudo e tentar, mais uma vez, ser feliz!
Sinto tanto a tua falta!

quarta-feira, junho 29, 2005

não consigo...

ainda não consegui dizer-te tudo o que penso e sinto...
não estou a conseguir...
só sei que está a custar-me mesmo muito...
acho que ando a adiar...
ando a adiar o fim definitivo...

sábado, junho 25, 2005

estou te com uma raiva!!

oh pah!! nem sei bem o que sinto...
sei que neste momento estou te com uma raiva!!!
dizes ser isto e ser aquilo... apregoas aos sete ventos que és isto e aquilo...
mas no fundo... na realidade... nos actos... NÃO ÉS!!!
dizes-te um homem de princípios... NÃO ÉS!!
és uma pessoa sem escrúpulos!!
distribuiste fel em mim!!
tinha tanto para te dizer de bom...
tudo o bom que passou...
e juro que tinha vontade de o fazer...
mas agora... tenho vontade de te apagar de vez!!
não queria apagar-te com este sentimento que agora sinto
podiamos ter transformado este fim numa coisa positiva...
mas tu não deixas!!
és orgulhoso... EGOISTA!!!
não me mereces!!
este texto está confuso... mas é assim que eu estou... e tenho um misto de sentimentos em mim... que me está a atormentar...
não sei como parar isto... como pôr uma pedra sobre isto...
amei-te e trataste-me assim... e dizias tu que gostavas de mim!!
e ainda te chateavas quando eu punha isso em causa...
tinha motivos não??
POIS TINHA!!!!
que raiva sinto em mim...
podias ter evitado isto...
não és quem dizes que és...

segunda-feira, maio 23, 2005

The problem is...

I miss your look
I miss your eyes
I miss your lips
I miss your smell
I miss your arms around me
I miss your words
I MISS YOU!!!!!

quarta-feira, maio 11, 2005

Um sorriso é tão bom!!!

Todos os dias espero poder encontrar-te e ouvir aquilo que me faz tremer cá dentro...
Se soubesses a vontade que tenho de prender em mim o teu sorriso, o teu olhar, as tuas palavras...
Fizeste renascer em mim a vontade de abraçar alguém, abraçar o dia, abraçar o mundo e sorrir! Sorrir sempre!
Estamos tão longe de nos podermos tocar, e no entanto tão perto fisicamente... mas mesmo que nunca nos venhamos a tocar... quero que saibas que já me tocaste! Tocaste o meu coração com a tua serenidade, com o teu sorriso, com as tuas palavras...
Quem é que não se passa comigo?!?! Ninguém!!!
Só tu com a tua bondade, com o teu bom senso e sentido de humor, poderias ver o bem, onde os outros vêm o mal!
Obrigada por tudo!
E mesmo que exista apenas um sorriso ou um olhar, isso já é o suficiente!!!
Isso chega-me para me trazer paz e levar-me para casa mais feliz...
com um sorriso a lembrar-me de ti....

domingo, abril 17, 2005

:)

Amo-te! Já to disse tantas vezes... e acredita que nunca me vou cansar de o dizer, que o vou dizer SEMPRE!!!
É raro o dia em que não penso na sorte que tive em te encontrar, e na sorte que tenho em hoje te ter do meu lado... Acredita!
É bom demais ter-te comigo! e gosto tanto de ti... tanto, tanto.... acho que é impossivel descrever. Apenas sei que te quero e que te amo muito!
Por me amares, por me quereres, por seres assim, por me fazeres sorrir, por me aceitares, por me preencheres, por estares sempre presente, por me completares, por partilhares a tua vida comigo, por me fazeres feliz, por me mostrares dia após dia que posso continuar a acreditar neste sentimento que nos une, que nos move e que nos faz sorrir todos os dias...
Por tudo isto... por muito mais...
AMO-TE! e quero-te SEMPRE comigo! :)




quarta-feira, abril 06, 2005

Quem me dera...

Quem me dera que lutasses por mim, um bocadinho, todos os dias
Quem me dera que me ouvisses com ouvidos de ouvir
Quem me dera que mostrasses o que sentes, mesmo que não seja o "politicamente" correcto
Quem me dera que não escondesses tudo dentro da tua "casca" e ficares à espera que eu advinhe tudo
Quem me dera que chorasses comigo
Quem me dera que risses comigo
Quem me dera que apoiasses as minhas loucuras e fosses ainda mais louco que eu
Quem me dera que me enviasses poemas ou cartas que expressassem o que sentes a cada momento
Quem me dera que me apoiasses sempre incondicionalmente
Quem me dera que desses sem exigir nada em troca
Quem me dera que quisesses ficar comigo para sempre
Quem me dera ficar contigo para sempre
Quem me dera que me amasses
Quem me dera não te amar tanto...

sexta-feira, abril 01, 2005

ah?!?!

nunca esperei que algum dia me falasses daquela forma!!
e mais... que não te importasses com o que eu quero...
não que fizesses o que eu quero... não é isso!! mas que pelo menos ouvisses o que eu quero!
desiludiste-me...
e mais... achas sempre que sabes o que eu quero ou penso... mas não me queres ouvir...
pedes-me para falar... mas não me queres ouvir... incoerente não?

domingo, março 27, 2005

Porque não me respondes?

Custa-te assim tanto responderes a uma simples pergunta?
Custa porquê? Terás algo a esconder?
Não percebo... Porque não consegues descobrir o que preciso de ouvir em certos momentos, o que preciso de sentir, de acreditar...
Será preciso insinuar mais ainda para conseguir ouvir algo de ti, algo que deverias dizer livremente?

Mas nem sempre tenho resposta...
Ontem foi um desses dias...
Deixaste-me triste....

quinta-feira, março 24, 2005

Que angústia!!!

Há dias em que acordamos assim... angustiadas!
E todas as situações pelas quais passamos nos tornam mais angustiadas... são os dias em que as emoções estão à "flor da pele".
Saímos de casa com um sorriso, mas o trânsito interminável torra-nos a paciência...
Vamos a correr ver os emails mas não chegou "aquele" email que tanto queriamos
Passa o tempo e o telefone não toca....
Vamos ver os sites dos amigos para descontrair e descobrimos que os "nossos" amigos, que supostamente são só nossos, têm novos amigos com quem se divertem....
E aí! Tudo pára!
Achamos que vamos ficar sem amigos, ou que estamos a ser postos de parte na sua hierarquia de prioridades, achamos que nunca mais vamos receber o "tal" email que nos podia dar a maior alegria do mundo, e pior, que o nosso telefone não vai tocar nunca mais...
Hoje é um desses dias!
Mas, como a experiência me diz, amanhã tudo isto passa e quando menos esperarmos o telefone vai tocar e os nossos amigos vão desejar voltar a estar connosco!!!
Por isso, só me resta sentir e sorrir!!!
É precisamente este "marasmo" de sentimentos que nos diz que estamos vivas! E melhor ainda que temos a capacidade de sentir!
Mas esta angústia.... aiii essa ainda não passou! São os "medos" que temos dentro de nós, que de vez em quando ganham mais força e começamos a achar que nunca vamos ser felizes!!!
Mas a certeza tem de continuar sempre connosco... vamos, pelo menos, tentar!!!!

terça-feira, março 01, 2005

cobranças...

porquê?
porquê as cobranças agora? já? tão cedo? porquê?
porque é que nós seres humanos somos assim?!
nunca conseguimos dar sem esperar algo em troca!
porquê?
dar só por dar... existe?
fazias-me sentir tão bem...
mas tão bem...
e agora?!
vai tudo ser diferente...
tenho medo de as minhas reações passarem a ser condicionadas pelo que sei que esperas de mim...
não queria que fosse assim...
queria poder voltar a ser eu! simplesmente eu!
e se gostasses de mim assim...
não sou perfeita! ninguém o é! mas sou assim...
e foi este assim que te encantou...
porquê mudar o que sou agora!?
para quê ser algo que não sou?
para quê cobrar?

mas já sei que todos acabamos por fazer isso... mais cedo ou mais tarde acabamos por cobrar...
está intrínseco em nós...
mas está mal...

segunda-feira, fevereiro 21, 2005

Peço desculpa....

... por gostar tanto de ti como gosto e por querer tanto estar contigo!

(Custa assim tanto preceber que preciso de ti?)

quarta-feira, fevereiro 16, 2005

Porque é que és assim??

Preciso de ti, agora mais do que nunca...
Preciso do teu carinho, da tua compreensão e, sobretudo, da tua atenção...
Preciso que me digas muitas vezes que gostas de mim, apesar de estar feia, gorda e velha, e que vais ficar sempre ao meu lado...
Preciso que apoies as minhas ideias malucas e que me digas para ir em frente, mesmo que saibas que vou acabar contra a parede...
Enfim, preciso de sonhar contigo e sair uns momentos da realidade cruel em que se transformou a minha vida...
Mas Tu... Porque é que és assim?
Quando te peço um beijo dizes que não te apetece
Quando tento refugiar-me nos teus braços, dizes que não porque estás com a neura
Passo o tempo a dizer-te que gosto de ti e recebo o silêncio como resposta...
Digo-te que preciso de ti e respondes que me estás a dar espaço para resolver os meus problemas...
Peço para falarmos do que se passa e tu respondes que não se passa nada...
Depois, depois és capaz de me acusar de não te dar atenção e de telefonar poucas vezes, de não ter tempo para estarmos sozinhos e que as coisas não estão bem...
Mas porque é que és assim?
Porque não és capaz de perceber que uma relação é uma relação de trocas e só recebes o que dás?
Porque não és capaz de dizer as coisas olhos nos olhos e falar de sentimentos abertamente?
Não posso estar sempre a advinhar o que passa na tua cabeça e no teu coração...
Gosto de ti!! Mas preciso de receber mais do que isto...
Hoje partiste-me o coração.
Porque é que és assim?

sexta-feira, fevereiro 11, 2005

Estados de alma...

Como é possível que uma simples palvra, um simples acto... possam alterar por completo o estado de uma pessoa?!

Será que não percebem? Que ainda não conhecem o suficiente para saber o que o outro quer, o que o outro gosta ou o que o magoa? É assim tão difícil?!?

Não creio que seja... Mas por outro lado....

Talvez não queiram ver,
Talvez não se apercebam,
Talvez ignorem...
Talvez...


Sei lá!!!

Irra!!!! Porquê é que não acontece um milagre??

Preciso deseperadamente de um milagre... mas nem é daqueles tipo o paralítico que se levanta e começa a andar, ou do cego que começa a ver....
é outro tipo de milagre!!!
É em dias de Sol como o de hoje que eu acordo e penso:"Mas porque não acontece um milagre?"
O Milagre de finalmente perceber o que os designios da vida nos querem dizer, perceber o que de bom existe à nossa volta no presente, e sobretudo descobrir a maneira de ser feliz!!!!
É o que todos queremos... SER FELIZ!!!!
Até podemos achar que sabemos o que nos faria felizes, ter o grande, o "tal" amor da nossa vida, ter o melhor emprego, ou melhor, não precisar de ter emprego nenhum, mas quanto a mim o fundamental é saber como viver.
Mas o Milagre de que falo é o de descobrir a "Luz" de como havemos de superar todos os obstáculos, a forma de materializarmos os nossos desejos e conseguir fazer com que se realizem, os meios para atingir os fins. Percebem?
Muitas vezes sabemos o que queremos, não sabemos é como o conseguir!!!
Este era o verdadeiro "Milagre" que me poderia acontecer, saber como fazer as coias certas para conseguir o que realmente quero, e então SER FELIZ!!!!
Mas, pelos vistos, esta é que é a verdadeira razão da vida: andamos todos nisto, a tentar descobrir a melhor forma!!!!
Dassss
mas com tantos anos de humanidade ainda não escreveram os manuais que nos ensinam quais os caminhos a percorrer? Porquê?? Hã??
mas não falo daqueles manuais, tipo "Aprenda a dizer Não" ou " A Felicidade depende de nós".
Falo de manuais, ou livros de instruções que nos digam os números para ganhar o totoloto llooll (era bom demais, não era?) ou então que nos digam como reagir com um namorado ciumento e levá-lo a mudar, sei lá...
Se calhar precisamos todos de um Milagre!!!!

quarta-feira, fevereiro 09, 2005

medo de admitir as inseguranças

pois é o que acho que todos temos!!!
por isso nós somos anónimas... né! ;)
e talvez por isso é que desde que criamos o blog... ele ia tendo algumas visitas... mas ninguém comentava...
e nós chegamos a conclusão que era porque as pessoas não gostam de admitir que são inseguras...
mas nós não estamos aqui para ver quem é mais inseguro que quem! ok? ;)
temos todos a "mania" (no bom sentido) que somos fortes! e pensamos que admitir que somos insegura(o)s estamos a dar parte de fracos...
por isso OBRIGADA aos comentadores de serviço!!! :))
estamos aqui para partilhar essas inseguranças anónimas que por aí andam e que às vezes nos consomem a alma ;)


hoje sinto-me... fina e segura!! :p



sexta-feira, janeiro 28, 2005

a tal oportunidade

porquê?
porque é que lhes damos sempre a tal oportunidade?
e eles depois f***-na sempre?
seremos assim tão crentes?
eu sou...
mas somos todas assim?
ou sou eu que vivo numa outra realidade?
ao pensar que o amor, o afecto, o carinho, o respeito são de facto possíveis entre duas pessoas?
porquê?
porquê eu?
porquê tu?
porquê nós?
porquê?

nunca vais perceber qual vai ser a tal última oportunidade... e quem vai perder vais ser tu...

Pensamento do dia

"Ex-namorados são como o McDonald's. Sabemos que não devemos e que faz mal, mas de vez em quando vamos lá comer".


segunda-feira, janeiro 24, 2005

Triste...

Hoje é um dia triste... apesar dos raios de sol que finalmente apareceram!
mais uma segunda de trabalho, mais um dia para tentar com muito esforço levar até ao fim.
sinto-me triste, desalinhada comigo mesmo...
porquê é que só fazemos as coisas erradas e não seguimos alguma vez na vida os conselhos dos outros?
que estupidez!!!
"Ouve o teu coração... faz o que ele manda!!!" dizem-nos desde sempre.
E nós ouvimos e fazemos, religiosamente! Pimba! Afinal erramos e magoamos todos à nossa volta! Então?!? Mas não era para fazer o que o coração mandava?!?
Então o nosso coração está errado?!?!
Mas porquê o nosso? logo agora que achamos que estamos a crescer e vamos conseguir vencer! É quando a montanha treme e todo o nosso mundo desaba!!!
Porque temos de ser nós os errados? Não há mais ninguém neste mundo para andar com o coração errado??? Tinha logo de nos calhar a nós??
E se ouvirmos o cérebro?? Tomaremos a melhor opção??
Afinal, o que se deve fazer?
Hoje estou mesmo triste!

domingo, janeiro 16, 2005

adultos...

vou ter de virar adulta
mas eu não sei fazer isso
é melhor nem saber
é não é?
também penso assim...

isto foi numa conversa entre duas IA
e agora eu pergunto-me
porque exigem que sejamos adultos?! mas que é isso de ser adulto?!
de agir como um adulto?!?!
que é isso?!!?
eu comporto-me sempre como uma teenager no que respeita ao amor e a relações!
não sei agir de outra forma!
eu sofro!!
esperneio-me!!
fico á espera do telefonema dele!!
derramo rios de lágrimas!
e se agisse como um adulto....
que faria?!?!
como agiria!??!
não sofria?!?!
não me esperneava!?!?
não chorava?!

dassssssssssssssssss PQP!!!!!!!!! vocês homens consomem-me a cabeça!!!!!!!!!
custa-vos adimitir que gostam!?!??!
porque?!!??!
e se não gostam pq se aproximam?!?!?!

não sabem vocês agir como adultos também?!?!

e lá está!!! eu a exigir aos outros aquilo que eu própria não sei fazer...



quinta-feira, janeiro 13, 2005

Eu nunca te perdi...


"Nunca fui um herói,
Nunca soube voar,
e por trás dos meus olhos
uns olhos serenos de mar,
que te vêem fundo no mundo
e em todo o lugar.
Sou memória de ti,
tu és poema e arara.
Eu sou a sombra da fera que espera
ou a voz do Guevara.
Sou o silêncio que canto e te espanta
e que nunca te agarra.
Deixa a minha mão,
guiar o teu caminho,
não é a solidão que faz um homem sozinho,
é a paz na dor que sei de cor,
e o teu sabor no céu que é meu, e onde grito:

Eu nunca te perdi,
e nunca te deixei,
eu nunca te esqueci,
em ti eu repousei,
eu nunca te perdi,
e nunca te deixei,
eu nunca te esqueci,
por ti eu despertei.
Eu nunca te perdi..."

quarta-feira, janeiro 12, 2005

Cada dia é uma Vida *

Amigas...
Bem sei que as nossas vidas não têm andado da maneira como sonhámos e que os nossos problemas se têm apoderado de nós, deixando-nos tristes e angustiadas.... mas que diabo! Só temos uma vida e para que havemos de desperdiçá-la sempre com as mesmas indecisões e tristezas?! Que tal, levantarmos a cabeça e não pensarmos em coisas tristes? Que tal acordar de manhã com um sorriso nos lábios e agradecer por tudo aquilo que temos e que já tivémos a oportunidade de viver e de aprender em vez de nos lamentarmos com aquilo que não temos ou que não corre da maneira que queríamos?
Que acham?! Eu acho que é uma boa ideia, e acho que deviamos começar a pensar mais nisto e por de lado as nossas "paranóias" todas e aproveitar o que a vida nos dá de melhor!!!
Que este seja o nosso objectivo para o novo ano!!!

:)

terça-feira, janeiro 11, 2005

Porquê?!?

Porque é que tudo tem que ser assim?!
Porque é que não consigo ser feliz e fazer os outros felizes?!

Às vezes penso se será assim tão dificil....

Sempre com as mesmas indecisões e frustrações... sempre com as mesmas dúvidas e com os mesmos lamentos.... sempre assim... assim...
Mas terá que ser sempre assim?! Será que não haverá por aí uma hipótese de deixar tudo para trás e conseguir ser, finalmente, FELIZ?! ....

"Quem já perdeu alguma coisa que tinha como garantida, termina por aprender que nada lhe pertence."

e hoje...

hoje... acabei de chegar a biblioteca, tenho de estudar, estou no 2º ano na faculdade e esta época de exames mata-me!! e ainda me deixa mais para baixo!! e o pior é que sei que a qualquer momento ele vai entrar por aquela porta... não sei que fazer... não sei... não sei... juro que não sei...
como reagir?!?! eu não sei o que é que ele quer...

segunda-feira, janeiro 10, 2005

preciso desabafar!!!

Não escolhemos dia melhor para fazer o blog... porque preciso desabafar!!!
ainda estou verdinha nisto da net... mas do que vi até agora estou a gostar! é engraçado isto!
mas continuando...
um dos meu desejos para este ano... estava a realizar-se pensava eu!!! até que... fiz merda!!!!!!
voltamos a sair como amigos algumas vezes, voltei a acreditar nele!!! voltei a dar-me uma oportunidade para ser feliz!!!! pensava eu!
e mais uma vez... passado algum tempo, pouco! chego a conclusão que não o devia ter feito!!
dassssssss acontece-me sempre isto!! sempre!! será que nunca mais vai parar isto?!?!
recebo uma msg... "olá menina, tudo bem? que fazes?" e depois mais uma... "nao queres sair de casa..." e depois mais uma... "se quiseres vou-te buscar"
e pronto bastou!!!! eu fui!!
correu tudo bem!! falamos de tudo e mais alguma coisa... sempre me senti bem com ele!!
desde os tempos de secundária!
mas o momento em q ele diz..
- "queria dar-te outra prenda... "
e eu: entao dá..
e ele:
- "mas eu não comprei nada..."
- "mas há prendas que não se compram..."
- "e se te der um beijo?"
aproximou-se ... e deu-me... e eu aceitei, não resisti, não pensei...
......
.....
MAS PORQUÊ?!?!?! o que é que ele quer?!?! juro que não percebo!! ele parece-me diferente dos outros... ele é diferente! conheco-o há muito tempo!! mas não percebo... :
bem... provavelmente não estão a perceber nada... mas eu também não quero contar tudo... só queria mesmo desabafar o que sinto, mas nem isso consigo! não sou muito boa com as palavras...

só sei que não me sinto bem!! e sinto que mais uma vez... o sonho fugiu!

Inseguranças Anónimas

"Anónimas?!?!" perguntam vocês. "Anónimas sim." respondemos nós!
por sermos tão inseguras decidimos ser anónimas.
mas inseguras??? porquê???
porque temos dias em que achamos que o mundo vai desabar em cima de nós...
porque achamos que por mais explicações que tentamos dar, vemos que ninguém nos compreende...
porque cada dia vemos o tempo passar sem termos os nossos sonhos mais simples realizados
porque a cada dia nos surge um novo osbtáculo para ultrapassar e o medo de o conseguirmos vencer é substacialmente maior... deixando-nos paralisadas!
porque sempre que achamos que é hoje que vamos conseguir sorrir o dia todo... aparece-nos um chefe a estragar tudo... ou pior um irmão... ou ainda pior recebemos um convite de casamento daquele nosso ex-namorado que mandamos dar uma volta ao bilhar grande....
porque achamos que as tragédias, as guerras e até a fome são culpa da nossa simples existência
porque achamos sempre que apesar dos nossos esforços não conseguimos ter sucesso com o nosso projecto de vida....

se algum dia sentiram algo deste género... desabafem connosco!
não nos façam sentir mais inseguras!



aiiiiiii quem dera... houvesse um canto pra se ficar...

"Talvez pudesse o tempo parar
Quando tudo em nós de precipita
Quando a vida nos desgarra os sentidos
E não espera, ai quem dera

Houvesse um canto pra se ficar
Longe da guerra feroz que nos domina
Se o amor fosse um lugar a salvo
Sem medos, sem fragilidade

Tão bom pudesse o tempo parar
E voltar-se a preencher o vazio
É tão duro aprender que na vida
Nada se repete, nada se promete
E é tudo tão fugaz e tão breve

Tão bom pudesse o tempo parar
E encharcar-me de azul e de longe
Acalmar a raiva aflita da vertigem
Sentir o teu braço e poder ficar

É tudo tão fugaz e tão breve
Como os reflexos da lua no rio
Tudo aquilo que se agarra já fugiu
É tudo tão fugaz e tão breve."

........

aiiiiii quem dera......

A insegurança...

Um grupo de amigas inseguras... um blog... uma maneira de expressarmos as nossas angústias e inseguranças, os nossos medos.... e esperemos que também algumas soluções!